Fique por dentro

Rally Erechim

Vitria indita no Rally Erechim 2022

Augusto Bestard e Jose Luis Dias vencem etapa brasileira após três dias de corridas na cidade de Erechim. Evento arrecadou mais de seis toneladas de alimentos e teve público superior a 50 mil  pessoas

Terminou neste domingo, 22, a 24ª edição do Rally Erechim, um dos mais importantes eventos da América do Sul no rally de velocidade. Com público superior a 50 mil pessoas nos quatro dias de evento, a prova viu mais uma vitória paraguaia, porém desta vez, com Augusto Bestard e seu navegador Jose Luis Dias, que com o tempo de 1h19min30 após 12 especiais e mais de 140 quilômetros de trechos cronometrados.

A dupla venceu nada menos que o maior vencedor do Rally de Erechim, Gustavo Saba e Fernando Mussano, que já levaram cinco vezes a prova brasileira. Desta vez, chegaram na segunda colocação, com Miguel Zaldivar e Diego Cagnotti em terceiro. Os três competem na categoria RC2 (4x4).

Entre os brasileiros, Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut foram os mais rápidos, vencendo também a categoria Rally 2 (4x4), mesma categoria que teve os irmãos Juliano e Rafael Sartori em segundo, com Milton Pagliosa e Vinicius Anziliero em terceiro.

De acordo com o presidente do Erechim Auto Esporte Clube (EAEC), Luan Balestrin, o evento em 2022 saiu como o planejado e o público aproveitou com alegria. “Meta superada, afinal de contas a quantidade de público que participou na praça, mesmo sendo o dia mais frio, também na sexta e no sábado foi grande, não lembro de já ter visto tanto público no Super Prime do sábado.  Não tenho dúvidas que todos estavam ansiosos para que tudo voltasse e felizmente voltou”, enfatiza.

Para o patrono Claudio Pagliosa, ser patrono de um evento da grandeza do Rally Erechim foi uma honra, “quando pesquisei que ser patrono era convidar alguém que tem experiência e que pode servir como referência fiquei feliz, pois sempre fiz as coisas com amor e consigo notar que todo o grupo é assim também”, comenta. O patrono ainda enfatiza que o evento é uma marca, não só para Erechim, mas também para toda a América do Sul, feito pela comunidade e para a comunidade. “Foi um Rally da retomada e da superação, foram dois anos tendo que se afastar e agora a gente está podendo se encontrar e mesmo com todo o frio desse Rally foi um dos Rally’s de maior aquecimento”, finaliza.

A dupla campeã da etapa sul-ameriacana de rally, Augusto Bestard (Paraguay) e Jose Diaz (Argentino), comemoram a vitória na primeira participação em Erechim. “Muito contente por ganhar aqui em Erechim, um Rally bem difícil, rápido e técnico, realmente um dos mais difíceis que corri e ganhar contra o Saba é muito especial, visto que é um dos melhores pilotos que já conheci, pela qualidade do piloto que é. Estou muito contente comigo e com minha equipe, família e todos que nos apoiam e vamos tentar seguir esse caminho”, diz Bestard.

A etapa de Erechim foi a terceira do Campeonato Sul-americano, a terceira do Brasileiro e a segunda do Gaúcho. O evento ainda arrecadou doação de alimentos para o programa Mesa Brasil superando seis toneladas nos dois dias de super primes.

RESULTADO GERAL DO RALLY ERECHIM

1 – Augusto Bestard/Jose Luis Diaz – VW Polo – 1h19min30

2 – Gustavo Saba/Fernando Mussano – VW Polo – 1h20min00

3 – Miguel Zaldivar/Diego Cagnotti – VW Polo – 1h22min11

4 – Ulysses Bertholdo/Marcelo Dalmut – Hinday HB 20 Proto – 1h28min14

5 – Juliano Sartori/Rafael Sartori – VW Polo – 1h29min42 (...)